Grupo de Cavaquinhos

grupo de cavaquinhos

O Grupo de Cavaquinhos de Escola de música Maestro Samuel Santos foi fundado em março de 2013 em memória a Diamantino Tavares dos Santos, Cordofonista da Beira Alta do início do século XX. O Grupo Conta atualmente com 14 dedicados elementos representantes de um variado leque de faixas etárias. É um projeto independente, assente num clima de aprendizagem cordial e alegre. O presente grupo assume a responsabilidade do desenvolvimento e manutenção dos repertórios populares portugueses, e em particular da região da Maia. Integrado na estrutura artística da Escola de Música Maiata, este projeto etnográfico explora as sonoridades dos variados instrumentos do erário popular nacional tal como percussões tradicionais, Guitarras, Guitarra Portuguesa, Bandolim, Concertinas, Gaitas de Fole e Acordeão, tendo como principal representante o Cavaquinho. Este instrumento tradicional Português, tem como aliados a sua dimensão e sonoridade vibrante que ao longo de dois séculos proporcionou a sua disseminação um pouco por todo o mundo. Adaptado e transformado o cavaquinho torna-se símbolo nacional noutros países, integrando-se de forma efetiva noutras culturas e sociedades.

Para nós é um orgulho podermos dar continuidade a este instrumento extraordinário numa pedagogia musical de ensino/aprendizagem cientificamente corretas, aliadas a uma abordagem atual. Para além da música, este projeto visa proporcionar espaços de investigação etnomusicológica neste domínio. Atualmente a Escola de música em colaboração com instituições diretamente ligadas ao ensino e investigação proporcionam linhas para o desenvolvimento de trabalhos de investigação primária, tendo como objetivo identificar e justificar a possível existência de um efeito diferencial cultural na Maia, num período pós Monarquia e pré Ditadura, estando o Cavaquinho como elemento de referência no estudo histórico.

Participou em 2013 e em 2015 nos espectáculos “Elemento Ar” e Elementos Terra e Água”, e “Elemento Fogo” no grande auditório do Forum da Maia. Em Abril de 2015 regista uma memorável atuação no Casino de Espinho. em Maio do mesmo ano abre o concerto”Entre sacro e Profano” na Igreja do Carmo em Vila do Conde. Tem participado em inúmeros concerto de carácter benemérito e filantrópico. Em 2016 salientamos a participação no espetáculo “ÁFRICA” na EXPONOR.

Tendo como mentor o próprio maestro Samuel Santos, o Grupo de Cavaquinhos é dirigido Artisticamente pelo professor Daniel Tavares, assessorado pela Professoras Marcelina Silva e Sandra Araújo, que assumem a direção deste projeto.

cavaquinhos